Universidade do MinhoConselho Cultural    
 
  Universidade do Minho
www.ConselhoCultural.uminho.pt
 
imprimir   fechar
 
voltar 
Atribuição do Prémio Victor Sá de História Contemporânea 2020
terça-feira, 10-11-2020
O Prémio Victor de Sá de História Contemporânea, é o Prémio nacional de maior prestígio para jovens investigadores em História Contemporânea Portuguesa.
  Atribuição do Prémio Victor Sá de História Contemporânea  2020  
 

Reuniu o júri do Prémio Victor de Sá de História Contemporânea,  que foi presidido pelo Prof. José Viriato Capela, da Universidade do Minho e que contou como vogais com a Prof.ª  Maria Fernanda Rollo, da Universidade Nova de Lisboa e o Prof. Luís Alberto Alves, da Universidade do Porto .
Trata-se de um Prémio  instituído há 29 anos pelo Doutor Victor Sá, para premiar trabalhos de investigação  sobre História Contemporânea de Portugal, distinguindo  jovens investigadores e que se tornou o mais prestigiado Prémio nesta área, a nível nacional. 
A concurso estavam 10 obras,  na sua maioria teses de doutoramento,  numa edição muito participada como aliás já se tornou um hábito, o que demonstra quer o prestígio alcançado quer a vitalidade da historiografia portuguesa  contemporânea.
Os premiados em 2020 apresentaram-se a concurso com teses de doutoramento e foram os seguintes:
 
1º Prémio:
- Cátia Sofia Ferreira Tuna, com a obra, «Não sei se canto se rezo»: ambivalências culturais e religiosas do fado (1926-1945).

Menções  Honrosas:
- Bruno Tiago de Jesus Madeira, com a obra, «Homens entre ruínas»? Ideias, narrativas, mundividências e representações das Direitas radicais portuguesas(1974-1985).
- Júlia Platonovna Korobtchenko, com a obra, O Ministério dos Negócios Estrangeiros. A reforma administrativa e o corpo social (1834-1910).

 
voltar 
  © 2021, Universidade do Minho